Vitória da Chapa 2 promete uma OAB forte para todos - Correio da Lavoura

Últimas notícias

24 de nov de 2018

Vitória da Chapa 2 promete uma OAB forte para todos

*Kátia Cavalcante
Fábio Telles (apoiador da chapa 2), Hilário Franklin (eleito presidente da OAB-Subseção Nova Iguaçu/Mesquita) e Antônio de Pádua (vice na chapa vencedora)
 
Luta, garra, determinação e foco. Dessa maneira que os advogados da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Subseção Nova Iguaçu/Mesquita deram às mãos e se uniram nessa caminhada durante todo o período apoiando a Chapa 2 que venceu às eleições do último dia 21 (quarta-feira). A Chapa 2 conseguiu vencer todas as outras chapas com resultado positivo para o grito da vitória. O novo presidente Hilário Franklin chegou para fazer a diferença junto com o vice-presidente Antônio de Pádua com a frase “OAB Forte Para Todos”, realmente isso aconteceu. A Chapa 2 ganhou com 817 votos (49,9% dos votos).
É momento de comemorações para todos os advogados e advogadas que apoiaram e acreditaram que a mudança seria possível, quando todos se unem para só um objetivo igualdade e parceria e destacando a palavra de ordem “inclusão”.
A reportagem do CL esteve na Confraria da Barba, em Nova Iguaçu, onde estavam reunidos o novo presidente da OAB-Subseção Nova Iguaçu/Mesquita, Hilário Franklin, o vice-presidente Antônio de Pádua, e o advogado Fábio Telles, que nos deram uma entrevista sobre o resultado da vitória nas eleições de 2018. “Nós fizemos uma reengenharia muito grande para conquistar a OAB. Nos reunimos em grupo em torno do projeto e adotamos os advogados Daniel Franklin, Abenor Natividade e Jurandir Ceulin, para uma OAB para todos. Nós entendemos que precisávamos resgatar a desigualdade da advocacia de Nova Iguaçu/Mesquita. Uma vez que precisamos estar mais presente no dia a dia do Fórum e entender as necessidades dos jovens advogados e daqueles que estão mais presentes e buscando entrar no mercado de trabalho. E aqueles que já estão e enfrentam essa crise econômica e as mazelas do sistema judicial e algumas serventias e órgãos públicos especialmente a morosidade. Com esse resultado, me sinto bastante confortável e podem me cobrar. Nós vamos manter um diálogo respeitoso com órgãos públicos mas firme a fim de que nossas prerrogativas sejam respeitadas. Eu sempre busquei a unidade e vou continuar”, disse Hilário Franklin, novo presidente da OAB.
Uma união para manter a força na classe dos advogados. “A nossa junção, eu e Hilário. Juntamo-nos à advocacia jovem e aos advogados veteranos. Nós queremos uma OAB aberta para dar chances à advocacia jovem e resgatar aqueles que ficam à margem e sem condições financeiras de arcar com a profissão. Queremos estimular os jovens advogados a empreender. Fazer um convênio com clínicas para a saúde do advogado. E uma das propostas é a criação do Portal da Transparência”, comentou Antônio de Pádua, vice-presidente da OAB.
A vitória da Chapa 2 deixou os advogados confiantes em saber que a mudança é o início de um novo trabalho para a OAB-Subseção Nova Iguaçu/Mesquita. “Recebemos com muita alegria e gratidão o resultado positivo das eleições institucionais para os quadros da Subseção OAB, resultante da dedicação, engajamento e empenho de todos os advogados que acreditaram em nossas plataformas propostas e projetos almejados. Ratificamos a defesa intransigente das prerrogativas do advogado. Tais prerrogativas devem garantir para o advogado o direito pleno da defesa dos interesses de seus respectivos clientes na qualidade de cidadãos comuns. Visamos resgatar a identidade da advocacia e aproximar novamente o advogado da sua instituição que, sem prejuízo de ser a defensora da Carta Magna, e, da sociedade como um todo, trata-se da casa do advogado”, comentou Fábio Telles (advogado).
Durante as eleições do dia 21, o CL entrevistou alguns advogados que estavam votando na OAB-Subseção-Nova Iguaçu/Mesquita com a seguinte pergunta: O que vocês esperam do novo presidente da OAB?
“Esperamos que com as eleições, possa ocorrer o cumprimento das pretensões da classe que luta pelos seus ideais avançando cada vez mais nas suas propostas”, falou Márcia Lima (advogada).
Uma eleição de expectativas. “Esperamos mudança e renovação”, disse Ivani Fontes (advogada).
“Esperamos que a sociedade e os advogados venham se unir em prol da sociedade e passem a ter uma atuação mais efetiva diante do judiciário fazendo valer as prerrogativas”, concluiu Emersom Ramos de Magalhães (advogado).