Empresários de Nova Iguaçu lançam Polo de Gastronomia, Entretenimento e Cultura - Correio da Lavoura

Últimas notícias

8 de mai de 2018

Empresários de Nova Iguaçu lançam Polo de Gastronomia, Entretenimento e Cultura




Empresários dos segmentos de alimentação fora do lar e de entretenimento lançaram, nesta quarta-feira (24) o Polo de Gastronomia, Entretenimento e Cultura de Nova Iguaçu. Fundado por 15 empresas da cidade, o Polo foi formado a partir da metodologia do programa Sebrae na Mesa, com apoio da Prefeitura e do Sincovani, e busca, através do associativismo, fortalecer as empresas participantes, aprimorar a qualidade dos produtos e serviços, valorizar a gastronomia local e incentivar a cultura. 

Presidente do Polo, César Botelho Valentim explica o objetivo do grupo: “Queremos mudar para melhor o cenário na área de entretenimento e gastronomia na cidade, preservar nossa identidade. E promover a nossa cultura, porque sem cultura não há transformação. Apoiados no associativismo vamos buscar mais crescimento, mais renda, e mais desenvolvimento para a nossa cidade, qualificando nossa mão de obra, elaborando projetos, produzindo eventos”. 

Valentim diz que as dificuldades fizeram surgir a necessidade da união. “Juntos temos a oportunidade de trocar experiências e através de uma visão compartilhada teremos mais sinergia, mais força para competir neste mercado tão difícil, maior poder de voz para pleitear mais segurança e mais infraestrutura junto aos órgãos públicos”.

O planejamento estratégico do Polo ainda está em construção, mas algumas ações já estão em andamento, como a criação de um banco de currículos e de fornecedores, workshops para capacitação, fortalecimento da identidade visual do grupo e criação de página em redes sociais. Para 2018, ao menos dois eventos já estão definidos: o projeto Copa, com programação especial durante a Copa do Mundo, e Prato Cultural, um circuito com comidas de boteco que terá pratos pintados por artistas da região.

Associativismo é a chave do crescimento – O Sebrae/RJ apoiou a criação do Polo, através de consultorias em associativismo e cooperação empresarial, e vai oferecer capacitações com foco tanto na gestão empresarial (gestão financeira, planejamento estratégico, desenvolvimento de equipes) quanto na prática da cozinha e no atendimento ao público.

Para o coordenador da regional Baixada I do Sebrae/RJ, José Leôncio de Andrade Neto, este é um momento de evolução. “Temos aqui empresários comprometidos, que se articularam porque têm os mesmos propósitos e veem a gastronomia como um ponto chave para o desenvolvimento desta cidade. O Sebrae capacita mas quem faz acontecer são os empresários. E eu tenho certeza que este é só o começo”, afirma Neto.

O vice prefeito de Nova Iguaçu, Ferreirinha, concorda. “Enfrentamos o desafio de trazer as pessoas para Nova Iguaçu e só teremos sucesso se unirmos os esforços do setor público com a iniciativa privada. A criação deste Polo é muito importante para a nossa cidade, nos dá a oportunidade de mostrar que há muita coisa boa na cidade onde vivemos”.

A gestora estadual do Programa Sebrae na Mesa, Louise Nogueira, o coordenador de projetos Décio Lima, a analista Camila Dutra, e o secretário municipal de meio ambiente, desenvolvimento, turismo e agricultura Fernando Cid também participaram do evento de lançamento.  As empresas fundadoras do Polo de Gastronomia, Entretenimento e Cultura de Nova Iguaçu são: Baroni Botequim Tradicional, Chaplin Pastelaria Gourmet, Degane Donuts e Café, Domino’s Pizza, Exclusive, Galetc Galeteria e Etc, Lalu Lounge, La Mole Restaurante, Palácio do Chopp, Próxima Sessão, Reserva Gastronomia, Restaurante D’Ajuda, Rio Sampa, Usina Hamburgueria Gourmet e Vikings.