PROJETO ‘MAMÃE PRESENTE’ VAI ACOLHER IGUAÇUANAS DA GESTAÇÃO AO PARTO - Correio da Lavoura

Últimas notícias

18 de dez. de 2019

PROJETO ‘MAMÃE PRESENTE’ VAI ACOLHER IGUAÇUANAS DA GESTAÇÃO AO PARTO


O acompanhamento adequado da gestação em toda sua evolução é a garantia um parto mais tranquilo e de um bebê saudável. Esse é o objetivo do projeto ‘Mamãe Presente’, que a Prefeitura de Nova Iguaçu, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), lançou na última terça-feira (17). A apresentação do projeto que dará acolhimento e apoio às grávidas ocorreu no auditório da Casa do Professor e contou com a presença de 100 gestantes da cidade já inscritas.

O ‘Mamãe Presente’ vai promover o acolhimento e dar apoio às mulheres transmitindo informações de importância para uma gravidez saudável e para o bom desenvolvimento do bebê. Serão promovidos encontros semanais e quinzenais nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS), onde as gestantes participarão de dinâmicas de grupo, rodas de conversa, palestras, além de outras atividades desenvolvidas pelas equipes do projeto.

O prefeito de Nova Iguaçu, Rogerio Lisboa, lembrou que o acompanhamento feito pelas equipes da SEMAS será fundamental no desenvolvimento dos bebês e garantiu que todas as gestantes terão seus filhos na Maternidade Municipal Mariana Bulhões.

“Nossa maternidade é referência na Baixada. Há cidades vizinhas que sequer têm maternidade e as gestantes vêm aqui ter seus bebês. Temos 84 leitos e trabalhamos diariamente acima da nossa capacidade, mas podem ter certeza que todas vocês serão acolhidas da melhor forma possível durante toda gestação e também no dia do parto”, afirmou Lisboa, revelando que todas as mães receberão um enxoval com tudo o que é necessário para seus bebês.


As futuras mamães que desejarem participar do projeto devem estar inseridas no cadastro único para programas sociais do governo federal. Também serão atendidas gestantes que são acompanhadas pelo PIPAS (Primeira Infância Protegida na Assistência Social). Para isto, basta se inscrever em um dos CRAS da cidade. Segundo a secretária da SEMAS, Elaine Medeiros, a expectativa é que três mil mulheres sejam atendidas.

“Vocês serão acolhidas e receberão todas as informações necessárias neste momento importante na vida da gestante”, disse a secretária. “Vamos garantir o pré-natal de todas, do início ao fim, para que possam ter um parto com tranquilidade”.

PROJETO ERA SONHO ANTIGO DO GOVERNO

Idealizado pela SEMAS, o ‘Mamãe Presente’ já estava no papel desde o início da atual gestão, em 2017. Mas as dificuldades econômicas enfrentadas desde então não permitiram que o projeto fosse posto em prática. Com uma dívida de aproximadamente R$ 150 milhões, referente somente aos salários do funcionalismo público, o prefeito Rogerio Lisboa priorizou em colocar as contas em dia.

“Levamos oito meses para quitar os vencimentos dos servidores e dois anos para conseguir começar a investir em melhorias na cidade. Em 2019, entregamos o Viaduto dos Imigrantes, praças públicas e estamos lançando vários projetos que estão mudando a vida dos iguaçuanos. O ‘Mamãe Presente’ é mais um deles”, comemorou o prefeito.