CARIOCA CONSEGUE NEGOCIAR DÍVIDAS EM MUTIRÃO DA ALERJ - Correio da Lavoura

Últimas notícias

10 de set de 2019

CARIOCA CONSEGUE NEGOCIAR DÍVIDAS EM MUTIRÃO DA ALERJ

Proprietário de um bar no Méier, localizado na Zona Norte do Rio, Miguel Lopes da Silva, de 68 anos, começou a semana correndo atrás dos seus direitos e buscando um acordo com o banco para quitar uma dívida. Nesta segunda-feira (9/09), ele chegou cedo ao Largo da Carioca, no centro da cidade, para buscar atendimento no Ônibus do Consumidor, que ficará até sexta-feira (13/09), das 9h às 17h, estacionado no local para prestar atendimento jurídico gratuito à população. O Ônibus do Consumidor é um serviço da Comissão de Defesa do Consumidor (Codecon) da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) que tem o objetivo de buscar soluções para dívidas de clientes e que nesta semana vai trabalhar em parceria com os bancos: Bradesco, Itaú, Santander, Caixa Econômica Federal e BMG. Nesse primeiro dia de mutirão, foram realizados 235 atendimentos, com mais de 100 acordos fechados entre pessoas endividadas e essas instituições financeiras.

Com uma dívida no cartão de crédito no valor de R$ 1.235, Miguel procurou o serviço oferecido com o objetivo de reduzir esse débito e tirar o nome do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). O supervisor do Bradesco José Ricardo Brandão, que atendeu Miguel, conseguiu reduzir a dívida para R$ 186,88, valor que será quitado ainda hoje pelo cliente. “Já estou indo agora no banco pagar esse débito. Um vizinho que sabia da minha situação viu a notícia no jornal e me informou sobre o mutirão e eu decidi vir e to saindo feliz porque consegui resolver o problema. Só descobri que estava com essa dívida quando tentei comprar um produto e não tinha crédito na praça. Fiquei preocupado, mas agora vou conseguir limpar meu nome”, relatou.

Durante as primeiras horas de atendimento as negociações já se mostraram eficientes. O supervisor do Bradesco contou que dos três atendimentos feitos, dois tiveram acordos firmados. “Uma das negociações foi com um cliente que estava com uma dívida no valor de R$5.000 e conseguimos reduzi-la para R$ 500”, exemplificou.

A coordenadora administrativa da Codecon, Emanuela Lopes, adiantou que a equipe disponibilizada para negociar as dívidas deve atender até o final da semana cerca de mil pessoas. “Estamos com seis funcionários da Comissão e mais os representantes de cada banco para prestar atendimento a população. O nosso objetivo é tentar resolver o problema na hora, firmar um acordo com o cliente e negociar o valor da dívida. Caso não seja possível vamos orientá-lo e explicar como ele deve proceder. Também estamos com uma parceria com a sede do SPC que fica na avenida 13 de maio, no Centro do Rio, para realizar consulta aos clientes que tiverem interesse”, explicou Emanuela.

O presidente da Comissão, deputado Fábio Silva (DEM), explicou que essa ação era necessária. "Depois do sucesso do Mutirão de Conciliação com as concessionárias de energia, água e empresas de telefonia, era preciso realizar uma força-tarefa para ajudar os consumidores a negociarem suas dívidas com os bancos e receber orientação para um consumo consciente", alegou o parlamentar.

NÚMEROS DA CODECON

Desde que foi criada, há 16 anos, a Codecon já atendeu a cerca de 200 mil pessoas. Além do Ônibus do Consumidor, a Codecon atende a população presencialmente, no prédio da Alerj, no Edifício Leonel de Moura Brizola, na Rua da Alfândega, nº 8, Centro do Rio, nos dias úteis, entre 10h e 16h.

Os interessados podem entrar em contato com a comissão para tirar dúvidas ou fazer reclamações de serviços e produtos através do atendimento telefônico, o Disque Defesa do Consumidor (0800 282 7060) e pelo e-mail defesadoconsumidor@alerj.rj.gov.br.

É possível, ainda, reclamar via o “Alô Alerj”, principal canal de comunicação da Alerj desde 2001, inclusive por WhatsApp, por meio do telefone (21) 98890-4742. Desde o início do ano já foram realizadas cerca de 2.000 reclamações e, em todos os atendimentos, são gerados protocolos, no qual o usuário pode acompanhar o encaminhamento da solicitação.