CAIXA LANÇA LINHA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO QUE PERMITIRÁ REDUÇÃO DOS JUROS - Correio da Lavoura

Últimas notícias

21 de ago de 2019

CAIXA LANÇA LINHA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO QUE PERMITIRÁ REDUÇÃO DOS JUROS


Presidente Jair Bolsonaro diz que iniciativa ajudará na geração de emprego


Palavras do Presidente da República, Jair Bolsonaro 

Uma nova opção de linha de crédito imobiliário para ajudar na compra da casa própria foi lançada nesta terça-feira (20) no Palácio do Planalto. A linha de financiamento habitacional da Caixa será atualizada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). De acordo a instituição financeira, isso permitirá redução das taxas de juros em relação às médias de mercado e valerá para financiamento de imóveis residenciais.
O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que a redução dos juros na compra da casa própria deverá ajudar a gerar empregos no país. “Nós temos que ajudar a questão de quem não tem casa própria, buscar maneiras, diminuir a taxa de desemprego no Brasil. Dessa forma vai diminuir. Porque em grande parte a mão de obra que está aí desempregada no momento é da construção civil. Todos nós temos a ganhar. Quanto mais emprego, menor a taxa de violência. Quase tudo é natural, uma coisa chama a outra. E nós queremos é isso”, afirmou.
Com o novo método de cálculo os juros devem cair em média entre 35% e 51%. Os juros dos financiamentos eram calculados pela Taxa Referencial (TR) e uma segunda linha foi criada. Com ela, as prestações mensais vão variar de acordo com a inflação, medida pelo IPCA, que é o índice oficial que mede a variação de preços no Brasil. O cliente poderá escolher qual linha ele quer.
O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, falou sobre a nova modalidade. “É uma redução do custo do crédito, algo que a gente acredita que vai ter impacto no crescimento econômico dos próximos anos. Vai ter mais emprego, mais crédito e vai movimentar a economia”, afirmou.
SIMULAÇÃOAs simulações já podem ser realizadas no site da Caixa, onde o cliente pode comparar os juros e condições para o financiamento. As novas taxas variam de acordo com o nível de relacionamento do cliente com o banco.



Foto: Isac Nóbrega/PR