NOVA IGUAÇU SE DESTACA EM DESAFIO DE ATLETISMO - Correio da Lavoura

Últimas notícias

24 de jul de 2019

NOVA IGUAÇU SE DESTACA EM DESAFIO DE ATLETISMO



Preparação para os Jogos da Baixada, que acontecem no dia 17 de agosto, o Desafio de Atletismo realizado nesta segunda-feira (22), na Vila Olímpica de Nova Iguaçu, mostrou que a cidade pode continuar sendo um celeiro de grandes atletas. Das 28 provas disputadas com esportistas de Duque de Caxias e Queimados, os iguaçuanos conseguiram sete medalhas de primeiro lugar. Foram realizadas provas de salto em distância, arremesso de peso, corrida de velocidade e de meio fundo, além de atletismo de 75, 100 e 150 metros. A faixa etária dos competidores foi de 12 a 17 anos.


“Os resultados foram significativos, pois vemos que o trabalho está correto, mas podemos melhorar nosso desempenho. Esse desafio foi para mensurar o que estamos fazendo de errado, onde se pode melhorar. Vamos continuar treinando para fazer bonito nos Jogos da Baixada”, disse o secretário de Esporte e Lazer, Alexandre Batista.

Treinando duas vezes por semana na Vila Olímpica, o atleta Matheus Felicidade da Costa Faria, de 16 anos, foi um dos destaques da competição. Ele conseguiu duas primeiras colocações em provas de atletismo, uma delas na prova de 800 metros. “Esse teste foi bom para acompanhar o desempenho dos meus rivais de Duque de Caxias e Queimados. A concorrência será forte e estou muito focado, me dedicando para crescer cada vez mais como atleta. Disputamos com duas cidades que também são grandes potências no atletismo”, contou Matheus.

O estudante Alan Oliveira, de 14 anos, que sofre de Transtorno do Espectro Autista (TEA), foi o único atleta com deficiência que disputou uma prova no Desafio com os demais esportistas. Apesar de não ter tido uma boa colocação nas provas de 75 e 150 metros, ele mostrou quer o importante foi competir e se preparar para futuras competições.  “Ele disse: ‘mãe, estou com dores nas costas, mas vou dar o meu melhor’. Ele correu, foi até o final, não parou um só instante. Estou orgulhosa do meu filho, que vai continuar fazendo o que mais gosta, que é correr”, disse a mãe do menino, Aline Campelo.