TROCANDO EM MIÚDOS - Correio da Lavoura

Últimas notícias

19 de fev de 2019

TROCANDO EM MIÚDOS

POR ALMEIDA DOS SANTOS

Infidelidades partidárias
Em 2016, Rogerio Lisboa foi eleito quando estava filiado ao PR, mas agora está no DEM. O vice-prefeito, Carlos Ferreira, foi eleito em uma aliança que colocava o PT e o PR de mãos dadas em Nova Iguaçu. Hoje, Ferreira deixou o PT, está no PCdoB e encontra-se de partida da legenda. Rogerio Lisboa, como disse, foi para o DEM depois de eleito pelo PR. É aí que fica fácil perceber como as juras partidárias parecem que possuem tempo de validade. O próprio Ferreirinha, que tem a imagem atrelada ao PT, deve caminhar para o seu terceiro partido na vida pública.

PT saudações
Em um bate-papo com o vice-prefeito de Nova Iguaçu, Carlos Ferreira, ele que antes de ir para o PCdoB era conhecido como o Ferreirinha do PT, agora não ficará mais no PCdoB e, segundo ele, ainda está definindo em qual legenda vai se abrigar. Mas deixou claro que não volta para o PT.

Problema interno
Ferreirinha foi candidato a deputado estadual pelo PCdoB e viu, lá na Câmara, o vereador da bancada partidária e líder do partido, o Camu Lanches (PCdoB), fazer campanha e pedir votos para o então deputado estadual Luiz Martins (PDT). Esse também foi um dos fatores que perturbou o vice-prefeito e talvez o maior para ele sair do PCdoB.

Mui amigo
Estreante na Câmara dos Deputados em Brasília, onde foi um dos mais votados em Nova Iguaçu, o deputado Luiz Antônio Teixeira Júnior, mais conhecido com Dr. Luizinho (PP), tem sustentado que será candidato a prefeito em Nova Iguaçu. Entretanto, sua relação com o prefeito Rogerio Lisboa é uma das melhores possíveis, segundo o próprio deputado.

Cá estou
Apesar de terem até cogitado uma possível dobradinha entre o prefeito Rogerio Lisboa (DEM) e o deputado Luizinho (PP), que nega tal possibilidade, há outro nome que está em silêncio e é um dos maiores aliados do prefeito: o deputado federal Juninho do Pneu (DEM), que presidiu a Câmara oferecendo “céu de brigadeiro” para o governo realizar as ações administrativas. O silêncio do ex-presidente é uma estratégia de saída de cena.

Por falar em saída de cena…
Enquanto não tiver uma resposta plausível continuarei perguntando: qual motivo do prefeito Rogerio Lisboa continuar se escondendo da imprensa local e só querer mostrar a carinha no RJTV. Talvez seja a mania de achar que a grande mídia será seu cabo eleitoral. Mas parece que até de lá, do RJTV, o moço saiu de cena.

Por enquanto confirma
Entre a intenção e o gesto há uma distância e um tempo. E de fato. É que o ex-prefeito de Queimados, Max Lemos (MDB), quer mesmo ser candidato em Nova Iguaçu. Mas no momento, apesar de morar aqui, não tem ido às ruas demonstrar esse gesto. E do povo iguaçuano parece que mantém a mesma distância quando era prefeito de Queimados.

Tremei assessores
Está chegando o momento do prefeito Rogerio Lisboa fazer as reformas que são necessárias. Entre elas saber quem é ou não da base dele. Neste caso, aqueles que estão sob as bençãos de padrinhos que não comungam na cartilha do Lisboa em breve poderão sentir os efeitos. Vamos aguardar para ver o que acontece até o Carnaval chegar.