Cruzeiro e Cara Virada vencem seus jogos e sagram-se campeões do Amador da Capital - Correio da Lavoura

Últimas notícias

9 de out. de 2018

Cruzeiro e Cara Virada vencem seus jogos e sagram-se campeões do Amador da Capital


*Ademar Moscoso Junior

Quem esteve presente ao Estádio de Moça Bonita, em Bangu, no último sábado (29), teve a feliz oportunidade de presenciar a duas emocionantes partidas decisivas de futebol do nosso Rio de Janeiro, ambas válidas pelo Campeonato Amador da Capital (categorias sub-15 e sub-17), onde Cruzeiro FC (Realengo) e Cara Virada FA (Campo Grande), respectivamente, sagraram-se campeões da edição de 2018, a qual contou com a promoção da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ). 
O elenco do Cruzeiro FC exibindo as medalhas de campeão no sub-15
Cruzeiro 6 x 0 Juventude (sub-15) – Com a presença de um grande número de torcedores nessa partida preliminar, a excelente equipe do Cruzeiro FC atropelou e aplicou uma impiedosa goleada no conjunto do CEC Atlético Juventude (Ilha do Governador), pela contagem de 6 x 0. Mesmo mostrando em algumas jogadas ofensivas um certo perigo, pois chegou na final do campeonato com bons resultados em confrontos anteriores, a verdade é que o Juventude não se encontrou em campo, com erros nas finalizações e com um ataque inoperante. Ao contrário do adversário, o Cruzeiro imprimiu um ritmo de jogo objetivo, criativo e envolvente, com uma defesa bem posicionada, meio-campo bem articulado e, principalmente, um ataque munido de várias jogadas precisas onde a maioria delas foram convertidas em gols, e dessa forma, conquistaram de maneira brilhante, o cobiçado título de campeão da temporada. O jovem e experiente técnico do Cruzeiro, Luciano da Silva Mattos, aproveitou para falar com a nossa reportagem: “Só tenho a agradecer aos garotos pelo desempenho dentro de campo. Eles fizeram o dever de casa, absorveram o que foi dito e realizado nos treinos técnico e tático e saíram de campo vencedores”, revelou com alegria. 
Atletas e dirigentes do Cara Virada comemoram o título de campeão no sub-17
Os gols foram assinalados por Erick, que marcou duas vezes no primeiro tempo, enquanto Jhonatã, Deivid, Wendel e Pedro Henrique, completaram o placar elástico na fase final. O time campeão foi a campo com a seguinte escalação: Cauê; Kauã, Wendel, João Pedro e Daniel (Alan); Cauan, Pedro Henrique, Deivid (Raí) e Cléu; Erick (Caio) e Jhonatã (Wellington). O centroavante Erick foi eleito o melhor jogador.
Cara Virada 2 x 2 AAA União (sub-17) – Nessa categoria, figurando como jogo principal, os atletas das duas agremiações exibiram um futebol de alto nível técnico e tático, digno de uma grande decisão. Quem saiu com a vitória foi a representação do Cara Virada FA, após ter empatado em 2 x 2 com o União (Vargem Grande), no tempo normal, e vencido na disputa de pênaltis por 6 a 5. Dois tempos distintos serviram para contar a história dessa emocionante e bem disputada decisão. No primeiro tempo, logo aos 9 minutos, aproveitando cruzamento na área, o União, melhor neste período, saiu na frente do placar com o gol do cabeça-de-área Yuri. O gol de empate do Cara Virada só aconteceu aos 41 minutos, através do centroavante Fábio. No período final o Cara Virada apresentou um melhor futebol, no entanto, quem voltou a pular na frente do marcador foi o União, com o gol do meia Welinton Bigú, aos 17 minutos. Já aos 43 minutos, o técnico Cristiano França (Cerezo), fez uma substituição, tirou o meia Dudu para entrada do atacante Luciano, este, no seu primeiro lance, deu uma bela cabeçada da entrada da área encobrindo o alto e bom goleiro Alex, estabelecendo um novo empate para o Cara Virada. Aí veio a disputa de penalidades máxima, e quando estava 3 a 1 para o Cara Virada, apareceu Alex no gol do União, que já tinha defendido um pênalti no tempo normal, pegou mais duas cobranças na série e acendeu as esperanças de seu time, mas não adiantou porque o Luciano converteu o sexto pênalti e deu o invejável título ao Cara Virada, para delírio de sua animada torcida. “Enfrentamos uma equipe de peso, mesmo sendo a disputa de pênaltis uma loteria, soubemos ter tranquilidade, buscamos o resultado positivo sempre e fomos premiados com mais esse título”, confessou o técnico Cerezo, acrescentando que o clube já foi campeão também em 2016.
Ficha técnicaCara Virada: Matheus; Bruno Miranda (Caio), Renato, Carlos Eduardo e Bruno Fernando; Natã (Ryan), Yan, Marx e Dudu (Luciano); Fábio e Wiver (Pedro Jorge). Técnico: Cerezo. Destaque para Luciano. União: Alex; Gabriel (Lucas Gonçalves), Luiz Rodrigo, João Lucas e João Mamede (Artur); Yuri, Marlon Reto e Welinton Bigú; Lucas Menezes (Gustavo), Terra (Kauã) e Cláudio. Técnico: Cláudio Henrique. O goleiro Alex se destacou. O árbitro foi Thiago Ramos Marques, auxiliado por Victor Augusto e Bruno dos Santos. Os artilheiros do campeonato foram Fábio (Cara Virada) e Willian (Futuros Talentos), ambos com 13 gols.
Além de dirigentes da FERJ, esteve presente ao evento Márcio Amatoso (administrador da SUDERJ).
Parabéns aos integrantes dos clubes campeões e suas respectivas torcidas!