EQUIPES DA PREFEITURA DE NOVA IGUAÇU ATENDEM VÍTIMAS DAS FORTES CHUVAS DE DOMINGO - Correio da Lavoura

Últimas notícias

2 de mar. de 2020

EQUIPES DA PREFEITURA DE NOVA IGUAÇU ATENDEM VÍTIMAS DAS FORTES CHUVAS DE DOMINGO


A Prefeitura de Nova Iguaçu, por meio de equipes da Defesa Civil e secretarias de Infraestrutura, Assistência Social, Meio Ambiente e Empresa de Limpeza Urbana permanecem auxiliando os moradores atingidos pela chuva que alagou, desde à tarde do último domingo (1), ruas dos bairros Miguel Couto, Jardim Guandu, Carmari, Jardim Paraíso, Três Marias, Caonze, Cabuçu e Prados Verdes. Até o início da noite desta segunda-feira (2), Nova Iguaçu registrou 42 famílias desalojadas (163 pessoas) e duas famílias desabrigadas (4 pessoas). Ao todo, foram feitas 62 solicitações de vistorias e 18 delas já foram feitas, outras 44 estão em andamento. Segundo a Secretaria de Defesa Civil, 181 pessoas foram atendidas no município. Ninguém ficou ferido.

Em Prados Verdes, bairro mais castigado do município, a Prefeitura montou um ponto de apoio para famílias desalojadas ou desabrigadas na Rua Otávio, na Paróquia Santo Agostinho. No local, os moradores prejudicados pelas chuvas puderam se cadastrar para receber mantimentos, colchonetes, roupas de cama e banho, além de materiais de limpeza. As equipes da Prefeitura também estão visitando as casas desses moradores para ver as condições estruturais. Também teve ponto de apoio em Vila de Cava, Marapicu, Aliança, Caioaba e Grama.


Não faltou solidariedade entre a população para ajudar às vítimas das chuvas. Diretor geral do CIEP Municipalizado 187 Benedito Laranjeiras, José Carlos Batista Ferreira, de 40 anos, fez uma campanha de arrecadação interna na escola e recebeu doações de professores e parceiros da unidade.

“Muitas pessoas que perderam seus bens na chuva são parentes de nossos alunos. Até material escolar começou a chegar e tudo será doado. Vamos fazer uma estratégica de acolhida aos nossos alunos, doando agasalhos, por exemplo. Temos que oferecer uma pedagogia humanizada. Doamos bolsas com roupas e sapatos e, agora, estamos arrecadando alimentos não perecíveis. É importante ajudar”, ressaltou José Carlos.


Moradora da Rua Paraíso, uma das alagadas de Prados Verdes, a dona de casa Nilceia da Silva Santos, de 50 anos, contou que seus quatro filhos e três netos perderam cobertas e colchonetes. Ela, que mora no bairro há dois meses, disse que a chuva atingiu o bairro de forma intensa.

“Foi assustador. Caiu muita água. Vim tomar café no ponto de abrigo para me alimentar, além de pegar comida, cobertores e agasalhos para meus netos. Qualquer ajuda agora é necessária. Com essa chuva, meu marido, que é pedreiro, não consegue trabalhar. Se não fosse essa ajuda da prefeitura, não saberia o que fazer”, afirmou.


Morando em uma pequena casa da Rua Guarapari com o marido e o filho de 5 anos, Joyce Aparecida da Silva de Lima, de 23 anos, disse que terá que recomeçar praticamente do zero após perder móveis e utensílios.

“Perdi sofá, geladeira, mantimento e roupas, ou seja, quase tudo. Só deu para salvar os documentos. Agora é começar do zero, mas é bom ter essa ajuda para buscar forças e retomar a vida”, lembrou.

Das onze escolas que tiveram suas aulas suspensas nesta segunda-feira, apenas uma continuará sem aula, a Escola Municipal Rubens Falcão, no bairro de Santa Eugênia.


A Secretaria de Infraestrutura está fazendo o serviço de limpeza de rios e canais que foram obstruídos para escoar a água, enquanto a Emlurb retira lama das ruas.

A cidade continua em estágio de alerta devido a continuidade da chuva.. A previsão dos meteorologistas para esta terça-feira indica que um sistema de baixa pressão sobre o oceano influenciará as condições do tempo na cidade de Nova Iguaçu, com céu nublado e previsão de chuva fraca a moderada a qualquer momento. Na quarta-feira, o dia será de céu nublado a encoberto com previsão de pancadas isoladas de chuva moderada a ocasionalmente forte, principalmente nos períodos da tarde e noite. Já a quinta-feira terá céu nublado com previsão de chuva fraca a moderada a qualquer momento.

A Defesa Civil orienta que a população fique atenta aos comunicados emitidos. Se você ainda não se cadastrou, envie seu CEP por SMS para 40199 e receba os alertas em seu celular. Qualquer alteração ou emergência comunique imediatamente a Defesa Civil pelo telefone 199 ou 3779-0660.