TROCANDO EM MIÚDOS - Correio da Lavoura

Últimas notícias

12 de fev. de 2020

TROCANDO EM MIÚDOS

Por Almeida dos Santos


Então, tá!
Comenta-se, nessas redes de WhatsApp, que a deputada estadual Alana Passos (PSL) poderá vir candidata a prefeita em Nova Iguaçu. Particularmente duvido disto, afinal o marido (Robson Ferreira) foi funcionário do setor de Iluminação Pública da Prefeitura de Nova Iguaçu na gestão do atual prefeito, assim como, simultaneamente, estava no gabinete do então deputado Zaqueu Teixeira (PSD), que tem reduto em Queimados, terra que a deputada também tem olhos voltados para lá.

O site da Prefeitura, heim!
Depois de exonerado em dezembro o nome do Cel. Penteado continuava aparecendo como titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública. Depois de um mês conseguiram colocar o Igor Porto lá, esse que foi nomeado por indicação do deputado estadual Delegado Carlos Augusto, este que afirma que seria candidato a prefeito. Entendi!

Contra o tempo
Na quinta-feira (6), foi publicado na página 2 do D.O.E a Portaria nº 69, assinada pelo prefeito Rogerio Lisboa. Ela torna sem efeito a Portaria nº 68 datada de quarta-feira, que era uma portaria que tornava sem efeito as Portaria 45, do dia 22 de janeiro, assim como tirava o efeito da Portaria 46, essa que também tornava sem efeito a Portaria nº 47 publicada no D.O. do dia 23. Esse samba do crioulo doido revela a bagunça documental que eles fazem e que não sabem se o feito leva o efeito, mesmo que se malfeito, deve ser desfeito para assim ser refeito.

Será?
O prefeito trocou o comando da Secretaria Municipal de Segurança Pública, tudo bem. O presidente do Conselho Municipal de Segurança Pública, Direitos Humanos e Cidadania e que cuida do assunto, o Jayme Soares, vem cobrando já há algum tempo a reativação do CONIG, que era o Centro de Operações de Nova Iguaçu. Milhões gastos e parado.

Para ter uma ideia…
Hoje existe o programa “Segurança Presente” que funciona no centro de Nova Iguaçu, em uma base improvisada na Praça Rui Barbosa. A reativação do CONIG e as 76 câmeras espalhadas na cidade poderia ajudar não só na Segurança Pública, mas também no conturbado trânsito municipal.

Calado
Alex Castellar, que é secretário de Tecnologia importado pelo governo Rogerio Lisboa de lá de Teresópolis, sequer toca no assunto. Para ele parece que isso não tem nada que seja referente à pasta que comanda. O moço, que é um artista, só fala de Casa da Inovação, cujos recursos foram captados na gestão passada.

Sobre a Câmara…
Tem vereador arrependido em ter votado favorável à redução de 17 para 11 cadeiras. E pior… lamenta não saber se haverá tempo para mudar o número para as eleições deste ano.