O PROJETO 'FAIXA PRETA DE JESUS' AJUDA CRIANÇAS E JOVENS ATRAVÉS DO ESPORTE, DA EDUCAÇÃO E DA ALIMENTAÇÃO - Correio da Lavoura

Últimas notícias

14 de set de 2019

O PROJETO 'FAIXA PRETA DE JESUS' AJUDA CRIANÇAS E JOVENS ATRAVÉS DO ESPORTE, DA EDUCAÇÃO E DA ALIMENTAÇÃO

Por Ademar Moscoso Júnior

Estamos vivendo, infelizmente, em um mundo cheio de covardias e violências. Sentimos tristeza todos os dias ao ficar sabendo de noticiários que dizem respeito a criminalidade em nosso Estado. No entanto, mesmo diante desses fatos negativos e decepcionantes vividos há décadas, a verdade e a boa notícia é que também percebemos, logo ali ao lado, o surgimento de sensacionais e ousados projetos sociais funcionando a todo vapor, ajudando no caráter de crianças e jovens, seja em comunidades carentes ou em grandes centros urbanos. Isso tudo nos dá esperança e a certeza que podemos sim, através do esporte, vencer o mal com o bem.

Em nossa cidade, graças ao bom Deus, uma dessas iniciativas do bem é o projeto “Faixa Preta de Jesus”, que tem como idealizador, criador, fundador e administrador, o jovem Ricardo Cavalcante, 51 anos. Ele é pai de um rapaz de 18 anos e casado com Simone Cavalcante. Chegou a viver uma triste realidade de morar, durante oito meses, nas ruas de Copacabana, por conta de envolvimento com as drogas. Com atitude, perseverou, dando a volta por cima. 

“Um dia, dormindo na calçada, um rato tentou roubar minha comida, saí dali e fui refletir na praia. Como pode meu Deus! Lutar com um rato para salvar uma janta. Ele é apenas um animal, eu é que estou no lugar errado”, confessou bem humorado.

Mesmo sem estudo, o Senhor Jesus iluminou sua mente e depois de um sonho com um homem segurando uma faixa, esse belo projeto virou realidade e caminha em pleno funcionamento, para alegria de várias famílias. 

“Criei o ‘Faixa Preta de Jesus’ no ano de 2007, portanto há mais de uma década. Tudo teve início num terreiro, depois funcionou por alguns meses no galpão da Igreja Projeto Graça. Hoje, temos nossa sede própria, localizada na Av. Roberto Silveira, 1050, próximo ao Corpo de Bombeiros de Nova Iguaçu. Comecei com apenas seis alunos e seis placas de tatâme. Agora, esses números já subiram, para 400, entre crianças, jovens e adultos, e as placas 2 mil. Nosso objetivo é dar oportunidades para quem quer mudar de vida e alcançar voos mais altos, através do esporte, da integração social. Na minha opinião, o jiu-jitsu é mesmo uma prática de esporte com disciplina e poder de curar e transformar vidas”, acrescentou.

Bastante comunicativo, Ricardo, atencioso com nossa reportagem, continuou a entrevista dizendo que já passaram, até hoje lá pelo “Faixa Preta de Jesus”, 30 mil pessoas, entre crianças, jovens e adultos, recuperando centenas delas, principalmente do submundo das drogas e vícios em geral. O programa conta com a participação efetiva dos representantes brasileiros das artes marciais no MMA, Antônio Rogério, o Minotouro, e Antônio Rodrigo, o Minotauro, os irmãos Nogueira, ídolos de todos nós. Além das lutas como jiu-jitsu, boxe, muay-thay e submission, é oferecido ainda especialidades como clínico geral, pediatra, dentista, nutricionista, psicóloga, transporte, alimentação saudável e aulas de inglês e francês. E mais: 50 cestas básicas com legumes são entregues de 15 em 15 dias, e o que é melhor de tudo isso: é de graça. 

Quem estiver interessado em fazer a inscrição e participar do projeto “Faixa Preta de Jesus”, é só apresentar na sede, CPF, RG, xerox do comprovante de residência, 2 fotos 3 x 4, tudo totalmente gratuito. Os dias de atendimento: segundas, quartas e sextas-feiras, das 18 às 22 horas. O telefone para contato é o (21) 3582-8977.

E antes de finalizar, quero testemunhar a mudança do meu filho, Marcos Moscoso, de 9 anos de idade, no que diz respeito a boa concentração na escola, após sua participação nesse projeto.