NOVA IGUAÇU GANHA MAIS UMA FEIRA DE ARTESANATO - Correio da Lavoura

Últimas notícias

12 de set. de 2019

NOVA IGUAÇU GANHA MAIS UMA FEIRA DE ARTESANATO

O Programa Municipal de Artesanato, da Prefeitura de Nova Iguaçu, inaugura neste sábado (14) mais uma Feira de Artesanato na cidade. Será às 9 horas, na Praça de Miguel Couto. Esta será a sexta unidade instalada no município pelo programa, que valoriza o trabalho dos artesãos possibilitando geração de renda. A ação é desenvolvida pela Fundação Educacional e Municipal de Nova Iguaçu (Fenig). 

A artesã Rosângela Ribeiro de Carvalho, uma das coordenadoras da feira de Miguel Couto
“Quando eu era criança minha mãe fazia tapetes de retalhos e saía para vender, andando de Miguel Couto até Vila de Cava. Naquela época não havia lugar para expor. Era de porta em porta. Agora nós temos feiras onde podemos expor nosso trabalho e ser reconhecidos. Estamos muito felizes”, afirma Rosangela Ribeiro de Carvalho, uma das coordenadoras da Feira de Miguel Couto. Ela faz pinturas em tecido e cria peças em biscuit e EVA (produto em etileno, vinil e acetato). 

Além de Miguel Couto, o Programa Municipal de Artesanato já organiza feiras nas praças Rui Barbosa e Antônia Flores, no Centro, na praça de Morro Agudo, no bairro KM 32 e no Espaço de Artesanato FENIG/SEBRAE no TopShopping. E ainda tem o Kiosque das Artes, em Morro Agudo e quatro pontos de oficinas de artesanato. 

“Esses espaços não são apenas um ponto de venda, são pontos de referência. Nós temos certeza que com esse caminho nós vamos tornar Nova Iguaçu a Cidade do Artesanato do Estado do Rio de Janeiro”, destaca o presidente da FENIG Miguel Ribeiro. Segundo ele, o Programa será estendido a outros bairros, ocupando áreas centrais dessas localidades.

Luiz Baumflek também coordenador da Feira de Miguel Couto, explica que serão 20 barracas que estarão montadas todos os sábados das 9 às 17h na praça. “Vamos ter bijuterias, trabalhos em biscuit, costuras criativas, bonecas de inclusão, jogos educativos, bordados, crochê e outras criações”, destaca ele, que trabalha na criação de caixas, abajures e outras peças decorativas utilizando madeira e jornal reciclado. 

O Programa Municipal de Artesanato da Prefeitura de Nova Iguaçu é um dos maiores programas do setor em todo o Estado do Rio, com 1.200 artesãos cadastrados. Além da organização de feiras, eles recebem apoio através de cursos de capacitação, pontos de artesanato, descontos em lojas parceiras e estímulo para participação em eventos como o Salão Estadual do Turismo, a Rio Artes Manuais e a Mega Artesanal de São Paulo.