INSTITUTO VITAL BRAZIL COMPLETA 100 ANOS NESTE MÊS DE JUNHO - Correio da Lavoura

Últimas notícias

4 de jun de 2019

INSTITUTO VITAL BRAZIL COMPLETA 100 ANOS NESTE MÊS DE JUNHO


Neste século, são mais de 2,4 bilhões de unidades de soros, vacinas e medicamentos. Agora, o IVB testa soro para picadas de abelhas e um 
selante de fibrina, produzido a partir de veneno de cascavel 
para cicatrização de feridas, inéditos no mundo

Fundado em 3 de junho de 1919, por meio de contrato firmado entre o Governo do Estado do Rio de Janeiro e o cientista Vital Brazil Mineiro de Campanha, o Instituto Vital Brazil completa 100 anos de serviços prestados à saúde e à ciência brasileiras. Inovador em diversos campos, o IVB teve papel fundamental em diversos momentos marcantes. Foi por meio de pesquisas realizadas em sua sede que a vacina BCG entrou no país, em 1925. Foi também o pioneiro na produção de soro antiescorpiônico e soro antiaracnídeo no Brasil, graves problemas que ainda hoje afetam milhares de pessoas no país.

O secretário de estado de saúde Edmar Santos ressalta o legado de vanguarda que o Instituto Vital Brasil representa para o país e o estado. “Aproveitamos essa data para nos inspirar nessa história de inovação e pioneirismo na saúde e ciência. Estamos trabalhando para que esse também seja o futuro, não somente do instituto, como também uma diretriz para a forma como pensamos as políticas públicas de saúde no Rio de Janeiro”, afirmou.

Em sua centenária história, o instituto produziu mais de 350 milhões de unidades injetáveis (soros, vacinas, entre outros), mais de 2 bilhões de unidades de sólidos (comprimidos e drágeas), e mais de 110 milhões de unidades de líquidos (xaropes e suspensões). Com isso, são mais de 2,4 bilhões de unidades de soros, vacinas e medicamentos que foram distribuídos pelo país.

E essa história de inovação continua sendo construída. Esse é um dos principais focos da gestão do instituto, como explica o presidente Roberto Pozzan. “Nosso objetivo agora é recuperar esse viés pioneiro e planejar os próximos 100 anos. Para isso, estamos trabalhando em três eixos: reformas e reestruturação para aumento da produção; aproximação com a academia; e desenvolvimento de novas tecnologias, como um soro para picadas de abelhas e um selante de fibrina produzido a partir de veneno de cascavel para cicatrização de feridas, ambos inéditos no mundo, feitos em parceria com a Faculdade Botucatu, da Unesp, e entrando em fase final de testes junto ao Ministério da Saúde”.

Para comemorar o aniversário de 100 anos, será realizado um evento especial no dia 17, no Teatro Municipal de Niterói, com um recital de Eduardo Monteiro, pianista e diretor da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. A família do cientista fundador que dá nome ao instituto estará presente. Também está sendo planejado um ciclo de palestras ao longo do ano, com calendário a ser divulgado.

O Instituto Vital Brazil hoje é uma instituição de ciência e tecnologia do Governo do Estado do Rio de Janeiro ligado à Secretaria de Estado de Saúde. É um dos 21 laboratórios oficiais brasileiros, um dos quatro fornecedores de soros contra o veneno de animais peçonhentos e produtor de medicamentos estratégicos para o Ministério da Saúde. 

Crédito - Maurício Bazílio