NOVA IGUAÇU REALIZA CAMINHADA CONTRA O ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES - Correio da Lavoura

Últimas notícias

17 de mai de 2019

NOVA IGUAÇU REALIZA CAMINHADA CONTRA O ABUSO E EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

A Prefeitura de Nova Iguaçu realiza na próxima segunda-feira (20), a "Caminhada Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes". A ação, que faz parte da campanha "Faça Bonito", vai começar às 9h30min, com uma concentração na Rodoviária do município. A partir dali a caminhada vai percorrer o Calçadão e a Praça Ruy Barbosa, e se encerrar na Via Light, na altura da Avenida Nilo Peçanha.
O evento é uma parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social, a Subsecretaria dos Conselhos e outras secretarias. A intenção é lembrar a importância do dia 18 de maio, Dia Nacional do Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes. A data é considerada de extrema importância para o enfrentamento desta violação, para discussão do tema e sensibilização para que as denúncias de abuso sejam feitas.
A caminhada é aberta à participação de qualquer cidadão. “Esse dia é de extrema importância para nós da Secretaria de Assistência Social e de toda rede socioassistencial, pois juntos estaremos caminhando contra o abuso e exploração sexual. Dizendo em uma só voz não ao abuso, não à exploração, protegendo nossas crianças e adolescentes”, disse a secretária de Assistência Social, Elaine Medeiros.
Em Nova Iguaçu, no ano passado, foram acompanhados 40 casos de abuso e exploração sexual nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CRAS). Para denunciar basta ligar para o número 100 (Disque Direitos Humanos).
A Campanha "Faça Bonito", é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes. Anualmente a Campanha tem um dia Nacional de mobilização, o dia 18 de Maio. Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. A proposta é mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.
Serviço: Caminhada Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Concentração: Rodoviária de Nova Iguaçu. Data: 20 de maio. Horário: 9h30min.