DEFESA CIVIL DE NOVA IGUAÇU FAZ EXERCÍCIO SIMULADO NO BAIRRO SANTA RITA - Correio da Lavoura

Últimas notícias

27 de mai. de 2019

DEFESA CIVIL DE NOVA IGUAÇU FAZ EXERCÍCIO SIMULADO NO BAIRRO SANTA RITA

Das 127 famílias vulneráveis (360 pessoas) cadastradas no bairro Santa Rita, 51 (163 pessoas) participaram do Exercício Simulado de Desocupação Preventiva para Emergências, realizado neste domingo (26) pela Secretaria Municipal de Defesa Civil de Nova Iguaçu. A ação faz parte do Projeto ‘Comunidades Resilientes’, que visa o desenvolvimento da resiliência em comunidades vulneráveis. Exercícios semelhantes ainda serão realizados em outros seis bairros de Nova Iguaçu ao longo do ano, como Figueira (junho), Nova América (julho), Grama (agosto), Posse (setembro) e Austin (outubro). A primeira edição aconteceu na Cerâmica e contou com a presença de centenas de moradores.
A Defesa Civil atuou no bairro Santa Rita com um efetivo de 17 agentes. Integrantes de um Centro Comunitário local participaram da ação. Setenta animais domésticos na região foram cadastrados e fmquatro residências foram vistoriadas.
“O número de pessoas que participaram foi satisfatório. Mais de 40% da população cadastrada daquela região se deslocou ao Ponto de Apoio. Se atingir 25% do número já é considerado bom. Isso dá garantias que as pessoas vão se tornar multiplicadores. O próximo exercício vai acontecer em Austin, que será mapeado e vamos saber quantas casas estão em área de risco, pois lá o que mais preocupa é o deslizamento de terra, já que em Santa Rita o risco é com inundação”, comentou o secretário municipal de Defesa Civil, tenente-coronel Jorge Ribeiro Lopes.
Todos os bairros que vão passar pelo Exercício foram selecionados após mapeamento realizado pela Defesa Civil de Nova Iguaçu, com apoio do Departamento de Recursos Minerais do estado do Rio de Janeiro (DRM-RJ), para definir as áreas do município onde há riscos de desastres naturais, como deslizamentos de terra, inundações e enxurradas. Em novembro haverá, em todas as comunidades participantes do projeto, uma ação simultânea alusiva ao ‘Dia Estadual para Redução de Desastres’, comemorado no dia 29.
Em Santa Rita, a Defesa Civil fez a abertura do Ponto de Apoio (PA) na Escola Municipal Maria Emília Fontoura, na Rua Francisco Baroni, 490, e distribuiu agentes e voluntários da Secretaria na região. Os moradores foram orientados a se dirigirem ao Ponto de Apoio durante o exercício, entre 9h e 12h. No PA, as pessoas puderam identificar sua residência no mapeamento de risco e receberam orientações sobre prevenção e atitudes seguras nas mobilizações preventivas e nas emergências.
Agentes da Defesa Civil, voluntários e líderes comunitários estiveram ao longo da semana na comunidade para orientar e conscientizar a população sobre os protocolos de desocupação preventiva, com mapas das rotas de fugas. Eles também cadastraram os telefones celulares de moradores para receberem mensagens de alerta (via SMS) e realizaram cadastramento detalhado de pessoas e famílias, com informações sobre idosos, gestantes, deficientes, entre outros.
Na primeira ação do ano, no bairro Cerâmica, das 180 famílias cadastradas pela Defesa Civil, 70 participaram da ação e se deslocaram ao ponto de apoio. Ainda foram solicitadas 44 vistorias técnicas na região.
Nova Iguaçu está entre as cidades do Estado do Rio com o maior número de pessoas cadastradas no Sistema de Envio de SMS de Emergência da Defesa Civil. São mais de 47 mil cadastros. O sistema é uma importante ferramenta nas ações de prevenção e de preparação para emergências e desastres, pois permite mobilizações preventivas em comunidades vulneráveis, evitando consequências como mortes e feridos.