AMAZOR VIEIRA BORGES - Correio da Lavoura

Últimas notícias

30 de out de 2018

AMAZOR VIEIRA BORGES


O primeiro diretor do Colégio Municipal Monteiro Lobato



A 4 de maio de 1948, o então Prefeito Sebastião de Arruda Negreiros sancionava o projeto aprovado pela Câmara Municipal, de autoria do vereador Dionísio Bassi, sob o título de Resolução nº 15, publicada no Correio da Lavoura de 23 de maio daquele mesmo ano.

O CL, em sua edição de 1 de agosto de 1948, publicava outra Resolução, a de nº 23 (“dispõe sobre homenagem ao grande vulto das letras pátrias, José Bento Monteiro Lobato, e dá outras providências”), que, em seu Art. 1º, estabelecia: “Passa a ter a denominação de Monteiro Lobato o atual Ginásio Municipal”.

A 5 de setembro do mesmo ano, sob o título “Ginásio Municipal Monteiro Lobato/Para ambos os sexos – Sob inspeção federal – Ao público”, o CL informava: “Resolve nomear (...) o Doutor Amazor Vieira Borges para exercer, em comissão, o cargo de Diretor do Ginásio Municipal Monteiro Lobato”.

Amazor Vieira Borges, o primeiro Diretor do Ginásio Municipal Monteiro Lobato, dedicou toda sua vida ao magistério, onde granjeou prestígio, o respeito e o acatamento das autoridades por sua eficiência no desempenho das funções que lhe foram confiadas, a estima e o apreço de todos os colegas e estudantes. Carioca de nascimento, o Prof. Amazor, por seus relevantes serviços prestados a Nova Iguaçu no campo do ensino, lecionando e dirigindo colégios, recebeu da Câmara Municipal o título honorífico de “Cidadão Iguaçuano”. Contava 77 anos quando morreu em sua residência (Rua Augusto Rodrigues, 136 – Casa 8), no dia 27 de junho de 1965. Sepultado no Cemitério local no dia seguinte, disse-lhe o último adeus, em nome de todos os seus amigos e admiradores, o Prof. Gilberto Alves dos Santos.
(Foto do arquivo do Prof. Ney Alberto)