DETRAN.RJ OFERECE APOIO PSICOLÓGICO ONLINE PARA VÍTIMAS DE TRÂNSITO - Correio da Lavoura

Últimas notícias

23 de abr. de 2020

DETRAN.RJ OFERECE APOIO PSICOLÓGICO ONLINE PARA VÍTIMAS DE TRÂNSITO


O isolamento social é importantíssimo para frear o avanço do coronavírus. Mas, às vezes, o que é mais seguro para o corpo pode não ter o mesmo efeito para a mente. Por isso, o Núcleo de Apoio à Vítima de Trânsito (Navi), da Coordenadoria de Educação para o Trânsito do Detran.RJ, passa a disponibilizar atendimento psicológico online gratuito a pessoas que sofreram acidentes de trânsito e seus familiares. 

“É preciso que o acolhimento continue, mesmo que seja online, para dar suporte às pessoas que estão em sofrimento psíquico. Algumas precisam apenas de orientações como o processo de entrada do seguro DPVAT. Mas outras demandam uma escuta mais qualificada e apoio para organizar ideias e sentimentos. Essas terão seu plano terapêutico construído e serão acompanhadas de forma sistemática”, explica o coordenador de educação para o trânsito do Detran.RJ, Allan Borges. 

Quem já era atendido pelos psicólogos do Navi continuou sendo assistido desde o início do contingenciamento e outras 25 pessoas que procuraram o setor desde o dia 16 de março também já foram acolhidas.

Para o presidente do Detran.RJ, Marcello Braga Maia, o afastamento social pode provocar impactos emocionais em qualquer pessoa e, para quem passou por algum tipo de trauma, a necessidade do acolhimento nesse momento é ainda mais essencial. “O nosso objetivo é dar atendimento, mesmo que à distância, a quem necessita de acolhimento durante este período de distanciamento social. Estamos juntando nossas forças de trabalho e com os profissionais capacitados disponibilizamos uma rede de apoio para quem precisa ter informações ou que necessite conversar num momento de dor”, concluiu. 

O atendimento do setor consiste em acolher e identificar a extensão dos danos causados pelo trauma, respeitando a particularidade de cada indivíduo ao vivenciar seu luto, auxiliando-o no processo de reencontro com a esperança, com os sonhos e com os projetos para o futuro.

“Manter a saúde mental dessas pessoas neste momento é primordial. A terapia é uma aliada para ajudar a lidar com os medos e fantasmas que aparecem após um choque”, explicou a coordenadora do Navi, Dnilda Côrtes.

O contato inicial pode ser feito via e-mail (navi-dpvat@detran.rj.gov.br) ou pelo grupo de WhatsApp (https://chat.whatsapp.com/CfeJu2zTIcV5J3EjlaOA7I).