GESTANTES IGUAÇUANAS ACOMPANHADAS PELA ASSISTÊNCIA SOCIAL RECEBEM KITS DO "MAMÃE PRESENTE" - Correio da Lavoura

Últimas notícias

10 de mar. de 2020

GESTANTES IGUAÇUANAS ACOMPANHADAS PELA ASSISTÊNCIA SOCIAL RECEBEM KITS DO "MAMÃE PRESENTE"


Prestes a completar três meses desde seu lançamento, no dia 17 de dezembro de 2019, o projeto ‘‘Mamãe Presente”, da Prefeitura de Nova Iguaçu, iniciou, nesta terça-feira (10), a entrega dos primeiros kits às gestantes da cidade inscritas nas atividades promovidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS). As primeiras mamães a receberem os mimos foram as integrantes dos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) Serra do Vulcão e Fazenda Cabuçu. Cerca de 168 presentes devem ser distribuídos em todas as unidades até sexta-feira (13).

A ação consiste em promover o acolhimento e dar apoio às mulheres transmitindo informações de importância para uma gravidez saudável e para o bom desenvolvimento do bebê. Para isto, são promovidos encontros semanais e quinzenais nos CRAS, onde as gestantes participam de dinâmicas de grupo, rodas de conversa, palestras, além de outras atividades desenvolvidas pelas equipes do projeto. As futuras mães são divididas entre o grupo regular (gestantes em fase inicial aos seis meses) e grupo intensivo (de sete a nove meses de gestação).


“Além de garantir o pré-natal de todas, do início ao fim, para que possam ter um parto com qualidade, o projeto também abrange temas como a importância das vacinas necessárias a mãe e ao bebê, o aleitamento materno, a valorização da vida e o fortalecimento de vínculo. Para isso, nossas gestantes também são acompanhadas pelo PIPAS (Primeira Infância Protegida na Assistência Social). A gestação e os primeiros anos da criança são os períodos mais importantes para seu desenvolvimento”, explica Caroline Ribeiro, coordenadora do “Mamãe Presente”.

Uma das inscritas no programa foi Joana Barbosa Coelho, de 36 anos, moradora do bairro Jardim Nova Era. Casada com Luciano Rocha Miranda há 11 anos, ela é mãe de Raphaela, de 10, e sonhava em ter um segundo bebê. Foram seis anos de tentativas fracassadas e dois abortos espontâneos após a descoberta de uma endometriose. Segundo ela, os médicos diziam que seria preciso uma cirurgia para a retirada dos ovários e que ela não poderia mais ter filhos. Até que em uma nova, a gravidez transcorreu sem problemas. A poucos dias de conhecer o rosto de Ana Gabriela, ela conta que o “Mamãe Presente” foi essencial neste processo.


“Fiz todo o pré-natal na Clínica da Família de Jardim Nova Era. Eu relatava meu temor de passar novamente pelo que passei nestes últimos anos e, então, eles me encaminharam para o ‘Mamãe Presente’. Aqui eu me senti mais amparada, mais confortável. Tive forças para lidar com a gravidez no decorrer da gestação. As palestras foram fundamentais. Já no primeiro dia, a psicóloga do programa conversou muito comigo, o que me fiz sentir bastante amparada”, conta Joana, que participou do grupo intensivo, que conta com mulheres entre sete e nove meses de gestação.

A entrega dos kits, com bolsa, pacote de fraldas, cueiro, toalha, fralda e pano, banheira e macacão personalizado com o nome do projeto, foi marcada por emoção. Algumas das mamães, inclusive, já deram à luz e aproveitaram a oportunidade para apresentar seus bebês.

Gestantes que desejarem se inscrever no projeto devem procurar o CRAS mais próximo de sua residência, levando documento de identidade e o Número de Identificação Social (NIS) do Bolsa Família.