SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE REPASSA R$ 21,1 MILHÕES À PREFEITURA DE DUQUE DE CAXIAS - Correio da Lavoura

Últimas notícias

22 de jan. de 2020

SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE REPASSA R$ 21,1 MILHÕES À PREFEITURA DE DUQUE DE CAXIAS

Recursos serão aplicados no Hospital Moacyr 
Rodrigues do Carmo e na UPH de Saracuruna


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) e a Prefeitura de Duque de Caxias assinaram na última terça-feira (21) um termo de cooperação técnica para a reforma do Hospital Municipal Moacyr Rodrigues do Carmo (HMMRC), no Parque Beira-Mar, e da Unidade Pré-Hospitalar João Pedro Carletti (UPH), em Saracuruna. O investimento, de R$ 21,1 milhões, tem o objetivo de modernizar as duas unidades.

Para o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, a assinatura do termo reforça o compromisso do governador Wilson Witzel e da SES com a saúde em todas as regiões fluminenses.

“No ano passado, investimos 1,3 bilhão em todos os municípios do estado, dinheiro para fazer com que a saúde possa chegar próxima ao cidadão, uma saúde de qualidade, com respeito a quem paga impostos e merece ser tratado com dignidade. Muito mais virá pela frente”, afirmou Edmar Santos.

Segundo a Prefeitura de Duque de Caxias, os recursos serão utilizados na melhoria predial, troca de piso, telhado, aquisição de mobiliário, além de intervenções na parte elétrica e hidráulica. As obras estão em fase de licitação, e a previsão é de que elas comecem no próximo mês. 

Washington Reis, prefeito de Duque de Caxias, disse que estava muito alegre ao assinar mais este importante convênio para a área da saúde.

“Com esses valores, vamos melhorar nossas unidades na cidade, contribuindo para um atendimento de qualidade ao cidadão. Isso faz um diferencial na saúde do Estado do Rio de Janeiro”, declarou o prefeito.

O Hospital Moacyr Rodrigues do Carmo, localizado às margens da Rodovia Washington Luiz, é a principal unidade de saúde municipal e realiza cerca de 30 mil atendimentos por mês. Já a Unidade Pré-Hospitalar João Pedro Caletti, em Saracuruna, promove 9 mil assistências por mês. Para realizar as obras, a SES destinou R$ 17,9 milhões ao HMMRC e R$ 3,2 milhões à Unidade Pré-Hospitalar de Saracuruna.