UNIVERSITÁRIOS HOLANDESES FAZEM 'TOUR' POR NOVA IGUAÇU - Correio da Lavoura

Últimas notícias

5 de dez. de 2019

UNIVERSITÁRIOS HOLANDESES FAZEM 'TOUR' POR NOVA IGUAÇU


Cidade com potencial turístico em pleno desenvolvimento, Nova Iguaçu recebeu nesta semana turistas internacionais. Dezenove universitários e dois professores holandeses visitaram o município na quarta-feira (4), graças a uma parceria entre a Prefeitura, a Universidade Veiga de Almeida (UVA) e a Universidade de Breda, na Holanda. O grupo, que estava acompanhado por uma professora e quatro alunos da UVA, que o auxiliou na comunicação com os brasileiros, conheceu o centro comercial, a Casa de Cultura e o Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu (Parque do Vulcão).

Guiados pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Agricultura, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fernando Cid, os holandeses também visitaram as tradicionais feiras da roça e de artesanato, o Calçadão e o trabalho realizado pelo programa Segurança Presente, que chegou ao Centro de Nova Iguaçu há quatro meses.


“Esta visita é muito importante não só para os alunos holandeses, mas também para nós. Foi uma troca de experiências e de culturas muito interessante”, avalia Cid. “Isso vai nos permitir ver se estamos no caminho certo e o que podemos fazer para alavancar ainda mais o turismo na cidade”.

Na Casa de Cultura, os holandeses assistiram ao vídeo institucional sobre a cidade e visitaram a exposição “Africanidades na Baixada Fluminense”, que conta a história dos escravos no Brasil, especialmente na região. Dona de um português fluente, mas carregado de sotaque, Kyra Boogert conta que se emocionou ao ouvir sobre a escravidão. “Fiquei impactada. Não entendo como algo assim pode ter acontecido, ainda mais com tanta crueldade”, disse a jovem de 22 anos, estudante do curso de Turismo Internacional.


Outro momento de emoção para o grupo foi no Parque do Vulcão. Ali, os holandeses puderam desfrutar das belezas naturais que estão protegidas da ameaça humana. “Fiquei encantada com a piscina natural. A água é cristalina e aproveitamos para nos refrescar, pois no Brasil faz muito calor. Que lugar lindo”, disse Kyra, que domina o idioma por ter namorado um brasileiro.

O passeio por Nova Iguaçu surpreendeu não só os holandeses, mas também a estudante de Letras da UVA, Gabriela de Faro D’Assunção, 22 anos, moradora da Zona Sul do Rio. Pela primeira vez na cidade, ela revela que ficou admirada com o que viu. “Minha visão era de um lugar longe, perigoso e poluído. Mas me senti muito segura ao ver os policiais do Segurança Presente pelas ruas e fiquei encantada com os produtos da Feira da Roça e, principalmente, com o Parque do Vulcão. Visitamos apenas o poço do Casarão Dona Eugênia, mas eu soube que há muitas cachoeiras e que é possível até mesmo praticar rapel”, conta Gabriela, que atuou como intérprete.

Os alunos holandeses voltaram ao Rio de Janeiro no fim da tarde. Na terça-feira (10), o grupo embarca de volta à Holanda. Na bagagem, além de presentes e lembranças, haverá também muitas histórias para contar.