PROJETO INCENTIVA LEITURA EM ESCOLAS DE NOVA IGUAÇU - Correio da Lavoura

Últimas notícias

13 de set de 2019

PROJETO INCENTIVA LEITURA EM ESCOLAS DE NOVA IGUAÇU

Viajar pelo mundo da leitura incentivando as crianças a conhecerem histórias e contos infantis. Essa é a proposta da Caixa Literária Itinerante, projeto que está sendo desenvolvido pela Prefeitura de Nova Iguaçu para estudantes do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental da rede municipal. Na prática, o projeto é uma caixa lúdica contendo 20 livros infantis, com títulos adaptados para cada idade, que vai circular pelas escolas da rede. 

Os gêmeos Raillan e Dharllan Magalhães, de sete anos, alunos do 2º ano da Escola Municipal Professora Therezinha da Silva Xavier, no bairro Cerâmica, foram uns dos primeiros a interagirem com a Caixa Itinerante, que esta semana está no colégio. 

“Gostamos de ouvir histórias de heróis que viajam pelo mundo ajudando as pessoas. Mas, gostei muito da tia ler essa história engraçada do chinês que ensinou a ser bom com os outros e falar sempre a verdade”, disse o pequeno Dharllan, que se encantou pelo livro ‘Sementes da Verdade’, da autora Patrícia Engel Secco.

Na primeira fase, a Caixa Itinerante vai percorrer 30 escolas até o final do ano, permanecendo em cada uma por três semanas. A meta é ampliar para toda a rede no próximo ano letivo. Além dos livros, os incentivadores de leitura trabalharão com músicas e atividades recreativas. 

“Vamos trabalhar a leitura, a escrita e o som para estimular a interpretação e percepção das palavras. As escolas já fazem um trabalho semelhante. A ideia da caixa é trazer uma atividade nova para que as crianças possam interagir ainda mais”, esclarece Carla Ribeiro, uma das incentivadoras de leitura da rede.

A implementação da disciplina de redação nas escolas municipais para este segmento é outra ação da Secretaria de Educação para ajudar no desenvolvimento da escrita e interpretação já nos anos iniciais. A rede conta com 100 incentivadores de leitura que já estão atuando nas salas de aula. 

“Na rede pública, a redação não é uma disciplina obrigatória na grade curricular, mas em Nova Iguaçu entendemos que é importante estimular a prática da escrita nos anos iniciais, incluindo a redação como reforço no ensino”, enfatiza a secretária de Educação, Virgínia Andrade.

Foto - Alziro Xavier