TROCANDO EM MIÚDOS - Correio da Lavoura

Últimas notícias

11 de mai. de 2020

TROCANDO EM MIÚDOS

POR ALMEIDA DOS SANTOS


Prefeitável com Covid-19


O líder sindicalista Sebastião Wagner Berriel, ele que é um dos pré-candidatos a Prefeitura de Nova Iguaçu pelo Partido do Trabalhadores (PT), está internado com suspeitas de ter contraído o coronavírus e manifestando os sintomas de Covid-19. A internação dele se deu no Hospital Silvestre, que fica no Cosme Velho, no Rio de Janeiro.

Luta do Berriel

Berriel ultimamente vinha lutando para que os agentes de combate à endemias conseguissem materiais de EPI’s para poderem exercer seus trabalhos. Em conversa com esta coluna, já internado, ele comentou que está preocupado com a categoria e que vem recebendo notícias de mais companheiros com suspeita da Covid-19.

Deputado faz críticas


O deputado estadual Anderson Moraes (PSL) criticou que ao visitar a construção do hospital de campanha que está sendo feito em Nova Iguaçu, não encontrou o responsável pelas obras. Ele reclamou que não há previsão de quando as obras ficarão prontas e que não encontrou ninguém no local para dar essa resposta. Fica o registro!

Na contramão da história

Enquanto a luta pela transparência com as ações do poder público nos últimos anos, parece que a Câmara de Vereadores de Nova Iguaçu não entende isso e muito menos o seu presidente, Filipinho Ravis, anda preocupado. Ninguém sabe se está havendo sessões virtuais e, se está acontecendo, o que os vereadores vem discutindo. Vejam o ponto a que chegamos, a Caso do Povo deixando a virtude perdida na virtualidade.

Ele não percebe isso


O prefeito Rogerio Lisboa está tirando a figura de gestor para vestir a roupagem de comentarista da tristeza em suas lives no Facebook. Nada contra ele passar os informes referentes ao coronavírus, mas fazer sem a presença de um técnico, como tem feito prefeitos e governadores no país afora, deixa a imagem do Lisboa como “comentarista da dor”.

Ele não percebe isso 2

Aos poucos a imagem do prefeito está sendo associada à tristeza. Isso não fica bem para ele, pois existem técnicos que podem, ao lado dele, passar essas informações e ainda dar dicas sobre como o município vem reagindo ao passo que avança essa epidemia.

Virá à fatura

Aqueles que alcançaram cargos eletivos e andam distanciados neste momento triste que o município enfrenta, pode ter certeza que serão devidamente cobrados pela população. E digo para os vereadores, deputados e mais. Descolar a imagem da cidade será interpretado como abandono. Aguardem!