TELEFONE AUTOMÁTICO EM NOVA IGUAÇU - Correio da Lavoura

Últimas notícias

27 de nov. de 2019

TELEFONE AUTOMÁTICO EM NOVA IGUAÇU

O CL, em sua edição de 3 de outubro de 1965, deu grande destaque às festividades que assinalaram, dia 25 de setembro, a inauguração, pela Companhia Telefônica Fluminense, do sistema automático em Nova Iguaçu. Segundo o CL, “o material empregado, de fabricação da Siemens do Brasil, é a última palavra em telefonia, e a COST (Companhia Organizadora de Serviços Telefônicos), utilizou em Nova Iguaçu a mais avançada técnica, possibilitando, inclusive, a potência de voz mais elevada encontrada em todo o sistema telefônico do País”. As festividades, ainda segundo o CL, tiveram início em Nova Iguaçu com o hasteamento das bandeiras no edifício da Companhia Telefônica Fluminense.


Logo após a apresentação do programa pelo Sr. J. Cardoso, o Sr. João Ferreira convidou os senhores Aluízio Pinto de Barros, Nicanor Gonçalves Pereira e Geraldo Miquelotti, a hastearem as bandeiras da COST, CTF e brasileira, respectivamente, sendo esta última ao som do Hino Nacional. Na Catedral de Nova Iguaçu celebrou-se missa em Ação de Graças, à qual compareceram os diretores e fundadores da CTF, autoridades, políticos e grande número de personalidades do meio industrial e comercial deste Município. Entre os presentes, anotamos o prefeito João Luiz do Nascimento, deputados Getúlio Moura, Edésio da Cruz Nunes, Ary Schiavo e Valter Faria Pacheco, vereadores Geraldo Miquelotti, Joaquim de Oliveira e Valcir de Almeida, entre outros. Grande convidado a prestigiar o evento, o Exmo. Sr. Governador do Estado, Paulo Tôrres, foi recepcionado ao chegar à Rua Quintino Bocaiúva pela Banda do Colégio Manoel Pereira. Após alguns cumprimentos, dirigiu-se à porta do Edifício Antônio de Freitas Quintela, onde desatou a fita simbólica.

Na foto acima, publicada na edição de 3 de outubro pelo CL, vemos, à esquerda, instante em que o Governador Paulo Tôrres desatava a fita simbólica, observado pelo prefeito João Luiz do Nascimento. À direita, momento em que o governador utilizava um dos novos aparelhos para se comunicar com o Palácio do Ingá, em Niterói, sede do Governo do Estado. (Foto do arquivo do CL)