HGNI ENTREGA ENFERMARIAS REFORMADAS E CRIA ESPAÇO DE INTERNAÇÃO PARA CIRURGIAS ELETIVAS - Correio da Lavoura

Últimas notícias

27 de jun de 2019

HGNI ENTREGA ENFERMARIAS REFORMADAS E CRIA ESPAÇO DE INTERNAÇÃO PARA CIRURGIAS ELETIVAS

Quatro enfermarias do Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) foram entregues nesta quarta-feira (26), totalmente reformadas. As unidades já estão sendo utilizadas por pacientes que foram remanejados de outras enfermarias, que também serão reformadas. Outra melhoria anunciada pela direção do hospital foi a criação da Unidade de Internação Eletiva, para receber os pacientes que farão cirurgias eletivas. A unidade vai funcionar onde era o antigo banco de sangue. A meta é realizar entre 250 e 300 cirurgias por mês.  

O HGNI vem passando por uma ampla reforma. Os serviços começaram no fim de abril e vão se estender por todo o ano. As enfermarias reformadas passaram uma reformulação total, com o conserto das paredes, janelas, telhados, troca das portas, colocação de piso, luminárias, bate macas, manutenção hidráulica, elétrica e pintura. Nos banheiros foram trocadas pias, vasos sanitário, torneiras, chuveiros e correção de infiltração, além de colocação de azulejos. Cada uma recebeu quatro novas camas hospitalares elétricas.

“Esse é o hospital mais importante da Baixada Fluminense, sempre operando acima da capacidade. Por isso é uma obra difícil de fazer, pois está acontecendo com o hospital funcionando. Fato é que vamos entregar todas as enfermarias e fazer obras também na Mariana Bulhões”, disse o prefeito de Nova Iguaçu, Rogerio Lisboa, que visitou as enfermarias reformadas.

Para o diretor geral do HGNI, Joé Sestello, as novas enfermarias oferecem mais qualidade na assistência. “Estamos recebendo intervenções estruturais e uma ambiência satisfatória, o que contribui para a diminuição do sofrimento e a melhora assistencial do paciente”, afirma o diretor. 

Internada no HGNI há oito dias aguardando a realização de uma ponte safena, Neuzete Silva dos Reis, de 60 anos, foi uma das primeiras pacientes a entrar na nova enfermaria. Ela elogiou o trabalho. “Está uma beleza, banheiro quentinho e tudo bonitinho. Essa obra valeu a pena! Só quem sai ganhando é o povo que procura o Hospital da Posse”, disse Neuzete. 

As obras de reforma do HGNI estão sendo custeadas pela Prefeitura de Nova Iguaçu. A realização dos serviços só foi possível porque o Governo estadual reajustou o valor dos repasses mensais para o hospital, o que permitiu à Prefeitura destinar para as obras parte dos recursos antes utilizados no custeio da unidade. Além de reformas estruturais, também estão sendo adquiridos novos equipamentos, como macas, camas, escadas, poltronas e colchões.  Nesta primeira etapa, as reformas acontecem nas 40 enfermarias adultas, corredores e telhados. Na sequência, outros setores cruciais, como as emergências, centro cirúrgico, CTI, salas de triagem também receberão melhorias. 

Cirurgias eletivas noturnas – Em paralelo a entrega das enfermarias, o HGNI criou a Unidade de Internação Eletiva. O espaço conta com recepção, posto de enfermagem, dois banheiros e três enfermarias. Tem capacidade para receber até 12 pacientes, que ficarão internados aguardando cirurgias, desde vesícula a alguns tipos de câncer. A expectativa é reduzir a fila de pessoas que aguardam cirurgia eletiva, uma vez que o hospital é um dos únicos da Baixada Fluminense a realizar este procedimento. 

As cirurgias eletivas reguladas a partir da Central Municipal de Regulação voltarão a ser realizadas dentro de um mês. “Só temos o HGNI para atender toda a Baixada Fluminense, cobrindo uma área com três milhões de habitantes. Nosso objetivo é reduzir essa fila de eletivas e dar a melhor resolução no quadro dos pacientes que aguardam o procedimento”, destaca o secretário municipal de Saúde, Manoel Barreto.